Radares da BR-101 começarão a multar motoristas a partir desta sexta-feira

radar-limites-de-velocidade

Radares da BR-101 começarão a multar motoristas a partir desta sexta-feira
Desde março de 2014, os 37 radares entre Curitiba e Palhoça estavam em modo educativo
Os radares ao longo da BR-101 desde Palhoça até Curitiba começarão a emitir multas a partir desta sexta-feira, segundo previsões da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Autopista Litoral Sul. Até o momento, os 37 radares inativo”, ou seja, estavam ligados, mostravam a velocidade, mas não autuavam os motoristas.

Em Santa Catarina, 24 radares começarão a funcionar. Segundo a PRF, as velocidades estão fixadas em 80km/h para as vias principais – com exceção do Morro do Boi, na altura de Balneário Camboriú, com 60km/h. As marginais terão pontos com velocidade máxima permitida de 40km/h ou 60km/h.

Os radares estão em modos de teste desde março de 2014, quando foi iniciada uma discussão entre o Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) sobre qual órgão teria a responsabilidade pela emissão das multas.

O acordo firmado entre as entidades estabelece que a ANTT continuará responsável pela pesagem de cargas e pelos equipamentos referentes aos radares, enquanto caberá a Polícia Rodoviária Federal multar os infratores.

As multas por excesso de velocidade podem ser classificadas entre média e gravíssima. Até 20% a mais do que a velocidade permitida é uma infração média com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na carteira de habilitação. Já para velocidades entre 20 e 50% a mais do que o permitido, o valor sobe para R$ 127,69 e cinco pontos na carteira. Acima de 50% do valor permitido na via, a multa se torna gravíssima, com valor de R$ 574,62 e sete pontos na carteira, com possibilidade de apreensão da documentação e suspensão do direito de dirigir.

Fonte Diariocatarinse.clickrbs.com.br

Comentar

Comentários

Edson Ribeiro

Posted by Edson Ribeiro

Paulista de nascimento, mas catarinense de coração. Edson Ribeiro, CEO na Agência de Marketing Digital Nashua Comunicação, há mais de uma década reside em Floripa. Porém, muito antes de se tornar um manezinho por opção, já frequentava Santa Catarina, de norte a sul, de leste a oeste.